A menina dos olhos grandes e verdes cresceu. Deu o seu primeiro passo, caiu, manifestou a sua primeira palavra, criou laços de amizade, deu o seu primeiro beijo, teve o seu primeiro namorado, perdeu quem amou, ganhou pelo que lutou, chorou por incontáveis vezes e sorriu por eternos momentos.
Agora, parada fixa, na folha que cai ao sabor do vento que levanta e abana os meus cabelos castanhos e me deixa nostálgica, penso e revivo o que atravessei para me tornar na pessoa que hoje sou.

Por: Patrícia Alves